Conhece o Windows Azure Pack?

Provavelmente você já deve ter ouvido falar sobre o Microsoft Azure (Antigo “Windows Azure”), correto? Para que possamos entender melhor sobre Windows Azure Pack, vamos primeiro conhecer um pouco sobre o Microsoft Azure e seus serviços.

O Microsoft Azure é uma plataforma de serviços de computação em nuvem hospedados em datacenters da Microsoft que oferece diversos recursos como: Máquinas Virtuais, Banco de Dados, Web Sites, Visual Studio Online entre outros.

Azure Services

Para conhecer mais sobre os serviços do Microsoft Azure, acesse: http://msdn.microsoft.com/en-us/library/azure/dd163896.aspx

Mas o que é Windows Azure Pack?

O Windows Azure Pack é um conjunto de tecnologias do Microsoft Azure, disponível gratuitamente para clientes da Microsoft e executando em seu datacenter. O WAP (ou Windows Azure Pack) é executado sobre o Windows Server 2012 R2 e o System Center 2012 R2 permitindo que sua empresa entregue um serviço de nuvem sofisticado, com autoatendimento, vários locatários e oferecendo uma experiência similar ao Microsoft Azure.

O Windows Azure Pack nos oferece os seguintes recursos:

  • Management Portal for Tenants: Um self-service customizavel para provisionamento, monitoração e gerenciamento de serviços como Web Sites, Virtual Machine Clouds e Service Bus.
  • Management Portal for Administrator: Um portal para que administradores configurem e gerenciem recursos de Cloud, contas de usuário, oferta de tenants, quotas e preços.
  • Service Management API: Uma API REST que nos habilita a uma gama de cenários de integração, incluindo sistemas de faturamento para clientes, etc.
  • Web Site Clouds: Serviço que prove uma plataforma de Web Hosting para ASP.NET, PHP e Node.Js para aplicações web de alta densidade e dimensionável. O serviço inclui uma galeria personalizável de aplicações web.
  • Virtual Machines: Serviço que oferece uma Infraestrutura como Serviço (IAAS) de máquinas virtuais e inclui uma galeria personalizável de modelos de máquinas virtuais com diferentes Sistemas Operacionais, opções de dimensionamento e rede virtual.

 

  • Service Bus: Um serviço que fornece uma “troca de mensagens” confiáveis entre aplicativos distribuídos.

 
Continuar lendo

Guia de instalação do System Center Virtual Machine Manager 2012 SP1 – Completo.

Olá, tudo bom ?

Para quem assistiu o WebCast feito por mim e pelo Rafael Bernardes (http://www.cooperati.com.br/) eu prometi no webcast que iria fazer um guia de como montar seu próprio ambiente de SCVMM 2012, e dessa vez montei um Guia como o de Operations Manager que eu fiz semana passada e vou postar o Link dele agora para Download.

Clique na imagem para fazer o download do Guia.

Imagem

Obrigado pela atenção

Julio Araujo

Especialista em System Center.

Conceitos Básicos da estrutura do System Center Virtual Machine Manager 2012 SP1

Conceitos Básicos da estrutura do SCVMM 2012 SP1

 

Olá, tudo bom ? Hoje eu vou falar um pouco sobre a estrutura de servidores necessaria para o System Center Virtual Machine Manager 2012 SP1.

O System Center Virtual Machine Manager 2012 SP1 é uma solução de gerenciamento de datacenter virtualizado que gerencia os host’s de virtualização (Hypervisor’s) e suas VM’s (Virtual Machines). Tendo assim uma infinadade de recursos como Perfil de Hardware, Template de VM, Virtualizar uma Rede, Gerenciar recursos de Storage, Criar Clouds e atribuir recursos e permissões a ela, criar services templates entre outras infinidades de recursos que o VMM lhe oferece.

O System Center Virtual Machine Manager 2012 SP1, oferece gerenciamento para os seguintes HyperVisors: Hyper-V (Microsoft), ESX (É necessario ter o Vcenter pois o VMM se integra diretamente com o VCenter) da Vmware e XenServer da Citrix.

Depois desse mini-resumo sobre o VMM 2012 SP1, vamos finalmente a estrutura lógica do VMM 2012.

 

Uma estrutura de Virtual Machine Manager 2012 SP1, é comporta pelos seguintes servidores.

 

VMM management server: O VMM Management Server é o servidor aonde roda o serviço de Virtual Machine Manager, aonde roda todos os processos, jobs e commandos do VMM. O VMM Management Server também é responsavel pela conexão com a Library Server, com o VMM Database e com a comunicação com os Host’s de virtualização.

 

VMM Database: O VMM Database é o servidor de SQL Server que pode ser SQL Server 2008 ou 2012 na versão SP1. Ele é responsavel por guardar as informações de configuração do Virtual Machine Manager.

 

VMM Console: Como o nome já diz, é o console que faz a conexão com o Management Server do VMM 2012 com intuito de centralizar a visualização de todos os seus host’s, vm’s, clouds,storager,switches e etc.

 

VMM Library Server e VMM Library: A library do VMM é um local aonde você irá alocar os seus recursos como ISOS, VHD’S, Perfil de Hardware, Template de VM’S. E é usado para a implantação de Maquinas virtuais e serviços que estão guardados nele. O VMM Library Server é o servidor que irá alocar tudo isso em um compartilhamento.

 

MAS CADE O SELF-SERVICE PORTAL ? Estamos falando da versão do Virtual Machine Manager 2012 SP1 e a partir do Service Pack 1, não existe mais Self-service Portal, agora existe o App Controller que é instalado separadamente e que gerencia clouds tanto privadas como publica (Windows Azure). Em outro post irei detalhar mais o App Controller e suas funcionalidades.

 

 

Para mais informações acessem: http://technet.microsoft.com/en-us/library/gg671827.aspx

 

 

Webcast System Center Virtual Machine Manager 2012 – Aprenda VMM 2012 na Prática.

 

Eu estárei ministrando junto ao Rafael Bernardes um webcast apresentando o VMM 2012 na prática, com poucos ppt’s e muito mais mão na massa… o intuito do webcast é todos verem como funciona o VMM, se interessarem e se aprofundarem muito mais em Private Cloud e VMM 2012 que é uma ferramenta fantastica. Vamos fazer um webcast bem descontraido e com um conteúdo bem bacana para o pessoal que participar.

 

https://msevents.microsoft.com/cui/EventDetail.aspx?EventID=1032546347&culture=pt-BR

 

Muito Obrigado.