#QuickTips – Atribuindo um IP Fixo a uma Máquina Virtual existente do Microsoft Azure

microsoft-azure-logo

Olá pessoal!

Seguindo a série de dicas rápidas, esses dias eu tive a necessidade de atribuir um IP Dedicado (conhecido também como “IP Fixo”) a uma máquina virtual existente no Microsoft Azure. Ao atribuir um IP Dedicado à uma máquina virtual, ele não será distribuído à nenhuma outra Máquina Virtual.

1. Primeiramente nós devemos fazer a instalação do Azure Powershell que pode ser feito o download aqui.

2. Após a instalação do Azure Powershell, execute-o como administrador e digite “Add-AzureAccount” para se conectar a sua conta do Azure:ScreenShot001

3. Insira suas credenciais:

ScreenShot002

4. Após a conexão com a sua conta do Azure, podemos testar se um IP especifico está disponível para ser atribuído à uma Máquina Virtual com o seguinte comando:

TestAzureStaticVNetIP VNetName NomedaVNet IPAddress 10.23.21.5 ScreenShot003

Aonde:

-VNetName: Nome da Rede Virtual (Virtual Network)

-IpAddress: IP que deseja consultar

Caso o IP esteja livre, o parâmetro “IsAvailable” deve ser “True

ScreenShot004

Agora que já verificamos que o IP está disponível para utilização, podemos prosseguir.

5. Para que possamos fixar este IP a uma máquina virtual, devemos executar o seguinte comando:

GetAzureVM ServiceName CloudServiceName Name NomedaVM | Set-AzureStaticVNetIP -IPAddress 10.10.0.7 | UpdateAzureVM

ScreenShot006

Aonde:

-ServiceName: Nome da Cloud Service que a VM se encontra

-Name: Nome da Máquina Virtual

-IPAddress: IP que deseja fixar nessa máquina virtual

Após a execução do comando, a máquina virtual será reiniciada caso esteja ligada por conta do comando “Update-AzureVM” que executamos acima.

6. Após executar o comando de verificação novamente, o parâmetro “IsAvailable” está com o valor “False“, indicando que o IP não está disponível pois foi atribuído a outra máquina virtual. Repare que o Azure nos da opções de IPs disponíveis:

ScreenShot007

Espero que seja útil, muito obrigado!

Julio Araujo

#QuickTips – Forçando Full Sync no SUP/WSUS do SCCM 2012 R2

Olá, Pessoal.

Tudo bom?

Hoje inicio uma série de dicas do dia-a-dia sobre produtos Microsoft. A ideia é que as publicações sejam rápidas e objetivas mas que possam ajudar em alguns questionamentos que temos.

Hoje vamos falar sobre como forçar um Full Sync no SUP/WSUS do SCCM 2012 R2. É uma tarefa bem simples e que deve ser feita com muita cautela para não ser feita em conjunto com o Schedule que é configurado em Administration -> Site Configuration -> Sites -> NomedoSite -> Configure Site Component -> Software Update Point -> Sync Schedule:

SUP_Properties

#Dica: Para saber se há alguma sincronização ocorrendo, basta visualizar o log “WSYNCMGR.LOG” que está localizado em “LocaldeinstalaçãodoSCCM\logs” no servidor que faz a sincronização.

Após checarmos isso, vamos iniciar o Full Sync.

1. No servidor que faz a sincronização do catalogo de updates, basta criar um arquivo em branco com o nome e extensão “FULL.SYN” dentro de “LocaldeinstalaçãodoSCCM\inboxes\wsyncmgr“.

2. Para visualizar a sincronização ocorrendo, basta verificar o log “WSYNCMGR.LOG“:

wsyncmgr

 

 

Obrigado e até a próxima!

Julio Araujo

Adicionando a classe “Free Space (MB)” no Hardware Inventory – SCCM 2012

O Default Client Settings vem por padrão com o Hardware Inventory “Configurado”, tendo a possibilidade de adicionar novas classes a serem inventariadas. Hoje um cliente me pediu que fosse inventariado a classe “Free Space (MB)” para que exibisse o espaço em disco livre no relatório “Hardware 01A – Summary of computers in a specific collection” que por padrão, não aparece por essa classe estar desabilitada nas configurações de Client Settings.

 

Configurando o Client Settings para inventariar uma nova classe

 

1. Abra a console do SCCM 2012 e navegue até “Administration” -> “Client Settings” :

1
Continuar lendo