Exchange Server 2016 – O que vem por ai!?

No dia 22 de Julho de 2015  a Microsoft lançou a versão Preview do Exchange Server 2016.  Neste post iremos trazer um resumo sobre algumas novidades da versão Preview.
O Vídeo abaixo mostra algumas novidades do Produto:

Novidades
A primeira grande mudança esta na arquitetura, durante a instalação podemos escolher a função de Mailbox e Edge (Lembrando que no Exchange Server 2013 o Edge só foi disponibilizado no Exchange 2013 SP1). A função de Acesso ao Cliente foi absorvida pelo Mailbox.

A Imagem abaixo mostra a arquitetura de um ambiente com Exchange Server 2016.

e16_thumb_33FB2F9E

Com essa nova arquitetura a Alta Disponbilidade ainda continuará sendo prosionada através do DAG, que fornecerá replicação  dos databases, e via Hardware Load Balance para o acesso dos clientes.  
Com esse novo cenário a Microsoft passa a não dar suporte ao Windows Network Load Balance para balanceamento de carga, ao contrario do Exchange Server 2013 que recomenda a utilização de hardware load balance, mais suporta o recurso de Windows Network Load Balance para o balanceamento de carga.

O DAG no Exchange Server 2016 também possui algumas melhorias, sendo elas:

  • DatabaseAvailabilityGroupIpAddress não é mais necessário durante a criação do de um DAG (Esse recurso já estava disponível com o Exchange Server 2013 SP1).
  • Replay Lag Manager é habilitado por padrão. (Recurso utilizado para cria uma cópia de banco de dados com uma versão mais antiga – o Office 365 faz isso, armazenando uma cópia com uma defasagem de 7 dias).
  • A latência de disco gerada pelo recurso Replay Lag Manger foi alterada, gerando menos impacto para a cópia ativa do database, e melhorando a experiencia do usuário final.
  • Se comparado ao Exchange Server 2013 os failovers de bancos de dados são diminuídos em até 33%.

A comunicação entre os servidores Exchange não foi alterada e continua sendo realizada a nível de protocolo, conforme imagem abaixo:

island_thumb_74BF96B1

A Microsoft fez a remoção da função de Acesso ao Cliente visando facilitar a administração e manutenção do ambiente e diminuir os custos com hardware.
No Exchange Server 2013 a função de acesso ao cliente nada mais é que um proxy inteligente, com isso podemos ter um ambiente de coexistência entre o Exchange Server 2013 e Exchange Server 2016 sem ter a necessidade de virar o namespace para o Exchange 2016 no primeiro momento, facilitando em casos de migração e coexistência.

Além da remoção do Exchange Server 2016 a Microsoft já disponibilizou algumas melhorias para a nova versão que são:

Melhorias de Pesquisa.
No Exchange Server 2016, os requisitos de largura de banda entre a cópia ativa de um database e uma cópia passiva foram reduzidas em 40%, permitindo que a instância de busca local leia os dados a partir de sua cópia do banco de dados local, independe de  ser uma cópia ativa ou passiva.
O período de tempo para retornar resultados da pesquisa, especialmente em clientes do modo online como o OWA, também foi melhorado.

Colaboração de Documentos
No Exchange Server 2016, o Office Web Apps Server passa a fornecer os recursos de visualização e edição de documentos ricos para OWA

Conectividade com o Outlook
O Exchange Server 2013 SP1 disponibiliza o protocolo MAPI/HTTP para conectividade do Outlook com o Exchange. No Exchange Server 2016 MAPI/HTTP é ativado por padrão, introduzindo um novo recurso para controle de usuário de conectividade e a capacidade de controlar se o Outlook Anywere será habilitado para clientes externos.

Novo Experiência com o Outlook Web App
Um nova interface foi disponibilizada para o Outlook Web App (OWA), agora chamado de Outlook na Web (Outlook on the web).
A imagem abaixo mostra a nova cara do OWA ou melhor, Outlook na Web:

Outlook-on-the-web-2_thumb_009DE4FD

Com a nova versão do Outlook na Web a Microsoft anuncia algumas melhorias, sendo elas:

  • Busca mais rápida e mais intuitiva.
  • Disponibilidade de Addin para o Outlook na Web.
  • Capacidade de propor novo horário para convite de reunião.
  • Melhoria na renderização de HTML.
  • Melhores controles de formatação e capacidade de colar imagens em linha.
  • Novos temas.

DLP – Data Loss Prevention
O Exchange Server 2013 introduz 30 novos tipos de informações sensíveis para o DLP e atualizando os tipos já existentes. Você também pode configurar notificações de e-mail personalizado que são enviadas para destinatários quando as mensagens enviadas para eles são classificadas em alguma regra de DLP.

eDiscovery mais Rápido
No Exchange Server 2016 o recurso de eDiscovery ficou mais rápido e confiável devido a  reformar da arquitetura de pesquisas. Também podemos usar os recursos de  Hold, Archiving e eDiscovery para Pastas Públicas.

Auto-expanding archives
Esse novo recurso introduzido no Exchange Server 2016 disponibiliza uma caixa de correio de arquivamento automaticamente quando uma caixa de correio antingir 100GB, e adiciona outras arquivamentos a cada 50 GB. Porém o usuário visualizara as mensagens como um arquivo único.

Esse são algumas das novidades do Exchange Server 2016 que já foram disponibilizados na versão Preview, caso tenha interesse assista o Iginte do Exchange Server 2016 Preview.

Leia nosso post sobre a instalação do Exchange Server 2016 Preview.

Até a próxima!! 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s