Entendendo a Hierarquia do System Center Configuration Manager 2012 – Parte 3

Continuando com nossa série de posts sobre a Hierarquia do System Center Configuration Manager 2012, hoje iremos falar sobre Alta Disponibilidade e Configurações Suportadas no Configuration Manager 2012, não perca nossa série:

Alta Disponibilidade no System Center Configuration Manager 2012 R2

O Wikipédia descreve Alta Disponibilidade como um sistema informático resistente a falhas de hardware,software e energia, cujo objetivo é manter os serviços disponíveis o máximo de tempo possível.

Muitas soluções possuem funções que podem ser configuradas de várias formas, provendo diferentes tipos e níveis de alta disponibilidade, um exemplo é o Exchange Server que pode ser balanceado e configurados para prover o máximo de disponibilidade para que o usuário final não tenha indisponibilidade no serviço de e-mail, visto que esse é um serviço muito critico para o negocio e qualquer indisponibilidade seria sentida pelo usuário final instantaneamente.

Quando falamos de Alta  Disponibilidade no System Center Configuration Manager ou em qualquer outra solução de Gerenciamento Microsoft precisamos medir quais serviços ofertados são críticos para o negocio e para o usuário final, também devemos levar em consideração que o Configuration Manager não fornece um serviço em tempo real e com total interação para o usuário final, ou seja, é incomum que uma pequena interrupção ou indisponibilidade no serviço se torne um problema crítico.

No Planejamento de Alta Disponibilidade no System Center Configuration Manager podemos configurar sites e hierarquias para diminuir o tempo de inatividade, manter a autonomia dos serviços e um alto nível de serviço mantido. Devemos planejar a Alta Disponibilidade no Configuration Manager separando em:

  • Alta Disponibilidade para Clientes do System Center Configuration Manager 2012.
  • Alta Disponibilidade para Sites e Funções do System Center Configuration Manager 2012.

Alta Disponibilidade para Clientes do System Center Configuration Manager 2012.

Os Clientes do Configuration Manager operam na sua grande maioria de forma autônoma usando agendamentos conhecidos e configurações para operações, quando um cliente não consegue se comunicar com um site eles armazenam os dados em cache para serem enviados posteriormente, além disso os agendamentos e operações que estão armazenados em cache serão executadas mesmo sem comunicação com um site.

Devemos consideras os pontos a seguir quando falamos de alta disponibilidade para Clientes do Configuration Manager 2012.

Operações dos Clientes são Autônomas

Os clientes não mantém contato continuo com os servidores de sistema de sites, eles usam configurações conhecidas e agendamentos para realizar ações predefinidas.
Os clientes podem se comunicar com qualquer servidor que possua uma instancia da função que presta serviços para clientes, tentando contatar todos os servidores conhecidos até que um seja localizado.
Como vimos anteriormente a função do Configuration Manager que é responsável pela comunicação com os clientes é o Management Point, quanto um management point não pode ser encontrado clientes podem usar um ponto de status de fallback para enviar informações.

Os clientes podem corrigir a si mesmos

Os clientes autoavaliam seu status periodicamente e podem iniciar atividades para corrigirem problemas típicos usando um cache local ou enviar informações para seu respectivo site alertando os usuários administrativos que podem tomar uma medida para restaurar a operação do cliente.

Os clientes armazenam em cache informações a serem utilizadas no futuro

Quando o cliente se comunica com um ponto de gerenciamento ele pode obter e armazenar configurações do cliente, agendamentos futuros e informações sobre implantações de software e download para instalação futurá.

Gerenciamento Central de dados do Cliente e identidade do cliente

As informações do cliente são centralizadas e armazenadas em banco de dados, sendo assim o cliente pode ser instalado e reinstalado sem afetar os registros e históricos associados ao computador.

A falha de um cliente não afeta informações que já foram armazenadas em banco de dados anteriormente.
Alta Disponibilidade para Sites e Funções do System Center Configuration Manager 2012.

Além dos pontos citados acima, devemos considerar a alta disponibilidade da função de Management Point e a função de Ponto de Status de Fallback, que são responsáveis pela comunicação e gerenciamento dos clientes do Configuration Manager 2012.

 Alta Disponibilidade para sites e funções de site do System center Configuration Manager 2012.

Antes de iniciar a  leitura dessa item recomendo a leitura do post anterior Planejando Site System Roles no Configuration Manager

 Alta Disponibilidade para sites do Configuration Manager 2012 R2

O Primeiro e principal ponto que devemos considerar é a Alta Disponibilidade das informações, o banco de dados em si, considere utilizar o SQL Server em alta disponibilidade usando a solução de Cluster do próprio SQL para armazenar o banco de dados do Configuration Manager. Lembrando que no Configuration Manager 2012 temos 3 tipos de sites, site primário, site de administração central e site secundário. Este cenário é suportado apenas para sites primários e sites de administração central, em sites secundários não podemos utilizar o SQL em Cluster, em caso de corrupção do banco de dados ou do servidor que possua um site secundário considere executar a reinstalação através do seu respectivo site primário.

Para alta disponibilidade da Hierarquia do Configuration Manager recomendo que você planeje a instalação de um hierarquia que possua um site de administração central e um ou mais sites primários, nesse cenário não conseguimos prover alta disponibilidade em si, porém como o banco de dados é replicado a restauração de um site será muito mas rápida e poderá até substituir um backup falho.

Devemos tratar Alta Disponibilidade do Configuration Manager se baseando em função, algumas funções não suportam alta disponibilidade, para as demais recomenda-se instalar diversas instâncias em seu site.

Funções do Configuration Manager que não suportam Alta Disponibilidade

  • Ponto de Sincronização do Asset Intelligence;
  • Ponto do Endpoint Protection;
  • Ponto de Registro;
  • Pornto proxy do Registro;
  • Ponto de status de Fallback;
  • Ponto de Serviço fora da banda.

Em caso de falha dos serviços anteriores recomendo que reinstale as funções em algum servidor operacional em sua rede.

Funções do Configuration Manager que suportam Alta Disponibilidade

Você pode instalar várias instâncias das seguintes funções para fornecer disponibilidade em caso de falhas para os serviços abaixo.

  • Ponto de Gerenciamento;
  • Ponto de Distribuição;
  • Ponto de migração do estado;
  • Ponto do validador de integridade do sistema;
  • Ponto de serviços Web do catálogo de aplicativos;
  • Ponto de sites da Web do catálogo de aplicativos;
  • Ponto de atualização de software;
  • Ponto do Reporting Services.

Recomendo também que você publique seus servidores de Configuration Manager no Active Directory, assim os clientes se basearão nessas informações para procurar um servidor\função que esteja mais próximo, baseando-se em informações de DNS e Sites do Active Directory.

Quando falamos de Distribution Point (Ponto de distribuições) devemos configurar boundaries para limitar e garantir que seus clientes utilizarão os servidores mais próximos, boundaries são limites baseados em sites e sub-redes do Active Directory, falaremos de Boundaries em um próximo post.

Alta Disponibilidade para Console do Configuration Manager

O Configuration Manager utiliza o Provedor de SMS para acesso do usuário a console do Configuration Manager, você pode instalar instâncias de provedores de SMS para prover alta disponibilidade para acesso de usuários administrativos.

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

2 respostas em “Entendendo a Hierarquia do System Center Configuration Manager 2012 – Parte 3

  1. Pingback: Entendendo a Hierarquia do System Center Configuration Manager 2012 – Parte 1 |

  2. Pingback: Entendendo a Hierarquia do System Center Configuration Manager 2012 – Parte 2 |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s