Entendendo a Hierarquia do System Center Configuration Manager 2012 – Parte 2

Continuando com nossa série de posts sobre a Hierarquia do System Center Configuration Manager 2012, hoje iremos falar sobre o Planejamento de Sistemas de Site no Configuration Manager 2012, não perca nossa série:

Planejando Site System Roles no Configuration Manager

Como vimos no post anterior temos várias funções que podem ser distribuídas em servidores no meu ambiente do Configuration Manager 2012, também vimos a diferença entre os tipos de site e quando usar um site secundário ou um Distribution Point.

Para começarmos a entender e planejar perfeitamente os Sites System que serão distribuídos em seu ambiente precisamos saber a diferença entre um Site System Role (Função de Sistema de Site), Site Server (Servidores de Site) e Site System Server (Servidor do Sistema de Site):

Site Server –  Servidor de Site: Servidores do Configuration Manager que hospedam um site, lembrando que temos 3 tipos de site (Site de Administração Central, Site Primário e Site Secundário).
Levando em consideração nosso ambiente de testes temos dois Site Server, o servidor SCCM que faz a função de Site Primário Autônomo e o servidor SCCM-02 que faz a função de Site Secundário.
 
Site Seecundario
 
Site System Server – Servidores do Sistema de Site: Qualquer servidor que hospede qualquer função do Configuration Manager 2012 será considerado um Site System Server, inclusive os servidores de site (Site System).
No nosso ambiente teremos 3 Site System Server, os servidores SCCM – Site Primarío, SCCM-02 – Site Secundário e SQL Database Site System.
 
Site Seecundario
 
 Site System Role – Função de Sistema de Site: São funções do Configuration Manager que dão suporte a diferente operações, no post anterior listamos todas as funções disponíveis. Um exemplo de Site System Role é um Management Point, função que é utilizada para comunicação com  os Clientes do Configuration Manager.
 

Configuração de Proxy para Site System Roles

Algumas funções do Configuration Manager precisam acessar a internet para acessar informações, normalmente utilizamos proxy para controle de navegação, a partir da versão 2012 SP1 conseguimos configurar informações de proxy pela console do Configuration Manager, em versões anterior você deverá configurar informações de proxy manualmente nos servidores do Configuration Manager.

Segue lista abaixo das funções que precisam acessar a internet para coletar informações:

  • Ponto de Sincronização do Asset Intelligence;
  • *Cloud Distribution Point;
  • Software Update Point;
  •  Conector do Exchange Server;
  • *Conector do Windows Intune.

*Ambas funções estão disponíveis a partir da versão 2012 SP1.

Você pode configurar as opções de proxy no assistente de instalação de uma nova função ou editando as propriedades de uma funções que necessita conexão com a internet.

Sem título

Existe apenas uma função para essa regra, que é o Software Update Points que pode ser setado durante a instalação e dispõem das opções:

  • Usar um servidor proxy ao sincronizar atualizações de software
  • Usar um servidor proxy ao baixar conteúdo usando as regras de implantação automática

Planejando onde instalar Site System Role em sua Hierarquia

O Posicionamento de cada Site System Role pode ser a grande diferença para o sucesso da instalação e planejamento do System Center Configuration Manager 2012, para isso precisamos identificar em quais sites podemos instalar cada função em sua Hierarquia do Configuration Manager 2012.

Lembrando que temos três tipos de Site (Site de Administração Central, Site Primário Autônomo e Site Secundário), abaixo a lista de quais funções podem ser instaladas em cada tipo de site:

Site de Administração Central

Abaixo as funções que podem ser instaladas em um site de Administração Central.

  • Ponto de Sincronização do Asset Intelligence;
  • Ponto de Registro do Certificado;
  • Ponto do EndPoint Protection;
  • Ponto do Reporting Services;
  • Ponto de Atualização de Software;
  • Ponto de Validador da integridade de sistema;
  • Conector do Windows Intune.

Site Primário Filho

Abaixo as funções que podem ser instaladas em um site primário que faz parte de uma hierarquia e esta abaixo de um site de Administração Central.

  • Ponto de serviços Web do catálogo de aplicativos;
  • Ponto de sites da Web do catálogo de aplicativos;
  • Ponto de registro de certificado;
  • Ponto de distribuição;
  • Ponto de status de fallback;
  • Ponto de gerenciamento;
  • Ponto de registro;
  • Ponto proxy do registro;
  • Ponto de serviço fora da banda;
  • Ponto do Reporting Services;
  • Ponto de atualização de software;
  • Ponto de migração de estado;
  • Ponto do validador da integridade do sistema.

Site Primário Autônomo

Todas as funções podem ser instaladas em um site Primário autônomo:

  • Ponto de serviços Web do catálogo de aplicativos;
  • Ponto de sites da Web do catálogo de aplicativos;
  • Ponto de Sincronização do Asset Intelligence;
  • Ponto de registro de certificado;
  • Ponto de distribuição;
  • Ponto de status de fallback;
  • Ponto de gerenciamento;
  • Ponto de registro;
  • Ponto proxy do registro;
  • Ponto de serviço fora da banda;
  • Ponto do Reporting Services;
  • Ponto de atualização de software;
  • Ponto de migração de estado;
  • Ponto do validador da integridade do sistema;
  • Conector do Windows Intune;
  • Ponto do Endpoint Protection;

Site Secundário

Quando um site secundário é instalado as funções de Ponto de Gerenciamento e Ponto de Distribuição (Management Point e Distribuiton Point) são instaladas automaticamente,  segue lista das funções que podem ser instaladas em um site secundário

  • Ponto de Gerenciamento;
  • Ponto de Distribuição;
  • Ponto de Atualização de Software;
  • Ponto de Migração do Estado;

Considerações sobre posicionamento de cada função.

Todas as funções podem ser instaladas em um site primário, porém temos algumas limitações para sites de Administração Central e Sites secundário, veja algumas considerações de posicionamento por função:

Ponto de sites da Web do catálogo de aplicativos & Ponto Proxy de Registro caso seu ambiente suporte computadores na internet, considere disponibilizar um ponto de Site da Web do Catálogo de Aplicativos e\ou Ponto Proxy de Registro em uma DMZ.

Ponto de Sincronização do Asset Intelligence   – você só poderá ter um servidor em sua topologia executando essa função. Essa função será sempre instalada em um Site de Administração Central ou em um site Primário Autônomo.

Ponto de Registro de Certificado – você pode instalar vários pontos de registro de certificado provendo alta disponibilidade e balanceamento de carga, porém cada ponto de registro de certificado deve sincronizar como uma instancia Serviço de Registro de Dispositivo de Rede.

Ponto do EndPoint Protectionvocê só poderá ter um servidor em sua topologia executando essa função, que deverá ser sempre instalada no ponto de nível superior na hierarquia.

Ponto de Status de FallbackConsidere instalar essa função em um servidor que não é seu Management Point, os clientes do Configuration Manager suportam apenas um Ponto de Status de Fallback na sua rede.

Ponto de serviço fora da banda – Essa função deve ser instalada em um site primário que possua a função de Ponto de Registro.

Ponto de Atualização de Software –  a função de atualização de software pode ser instalada em qualquer site do Configuration Manager, considere a instalação em cada site que deseja prover atualização de software e controle de largura de banda.

Ponto de Migração de Estado – Instale essa função em sites primários e sites secundários onde deseja prover migração de dados de usuários.

Ponto do Reporting ServicesInstale um ponto do Reporting Services para cada site primário (Filho ou Autônomo) e no site de administração central.

Ponto de DistribuiçãoInstale essa função em sites primários, secundários ou em lugares remotos para distribuir software e suportar deploy de sistemas operacionais.

Conector do Windows Intune – Suporta apenas uma instância na sua rede, no nível superior da sua hierarquia.

Anúncios

Uma resposta em “Entendendo a Hierarquia do System Center Configuration Manager 2012 – Parte 2

  1. Pingback: Entendendo a Hierarquia do System Center Configuration Manager 2012 – Parte 3 |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s